Terça-feira, 19 de Julho de 2005

Somebody feel me.

 

Deixa-me tratar-te como uma pétala, sentir-te como


o banho no mar, areia molhada nos pés.


Deixa-me escrever nos teus olhos a poesia do luar


fazer da tua alma uma história de amor.


Perder-me em ti nas profundezas do teu ser.


Dá-me o teu corpo, entrega-te sem receio e eu farei


de ti uma tela de amor.


Como o fogo que arde sem cessar


sente-me


sinto-te.


publicado por Ejamour de Carvalhais às 17:26
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Anónimo a 23 de Julho de 2005 às 05:18
Passei para deixar um beijo, um afago, e os votos de um fim de semana onde a paz, a alegria e o amor estejam presentes em seu coração e perfumando a sua alma. Até breve!Mily
(http://calunguinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:calunguinha13@hotmail.com)


De Anónimo a 20 de Julho de 2005 às 10:10
São lágrimas, senhor, são lágrimas, os risos que aqui derramo, os sentimos que espraio no cintyilação de um ecran branco, frio, mas que aquece quem à frente dele fica. Neste espaço abunda ternura, beleza e muito sentimento.alexandre
(http://ascartasperdidas.blogspot.com)
(mailto:abentodesousa@hotmail.com)


De Anónimo a 20 de Julho de 2005 às 03:03
Vim conhecer o seu blog e confesso que fiquei fascinada com seus textos, inebriada da beleza de sua poesia. Nota-se que você é uma pessoa altamente sensível, portador de um coração que só sabe pulsar na sintonia do amor, e cuja alma parece estar sempre perfumada nas pétalas delicadas da ternura. Agradeço sua visita ao meu blog e as palavras gentis que me ofertou. Vou voltar sempre, pois nesses tempos de violência e discórdia a alma da gente precisa se refrigerar nas asas da paz e do amor. E este é o lugar mais apropriado para deixar o coração mergulhar na serenidade da poesia. Um beijo e um afago em sua alma tão repleta de luz, amigo.Mily
(http://calunguinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:calunguinha13@hotmail.com)


De Anónimo a 19 de Julho de 2005 às 23:29
Find me somebody to love!!! Lindo como sempre este teu texto.curiosa paixao
(http://curiosapaixao.blogs.sapo.pt/)
(mailto:curiosa-paixao@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Julho de 2005 às 22:54
Mhmmm.... está tentador esse teu apelo!!! Gostei, beijinhosAran_aran
(http://capricornioemim.blogs.sapo.pt/)
(mailto:aran_aran@sapo.pt)


Comentar post

.Autor:Ejamour de Carvalhais

Não sou poeta, nunca fui, nunca desejei sê-lo. Sou apenas amante das palavras... Nesta folha negra deposito o que a minha alma me diz ao ouvido. Voz singela, de veludo, encanto que sinto a devorar-me o corpo. Rendo-me a simplicidade sentida da minha Alma, Fé, Essência que me guia na luz do amor. (Obrigado pelas visitas e comentários...)

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.A voz da alma

. Abraço não sentido

. Diferente

. O teu nome

. Eu a ti, pertenço

. Até amanhã

. ... E no natal.

. Eterno

. Um poema só teu.

. Sedução

. Um tempo