Quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2006

Tia São

No silêncio do teu adeus levaste a minha dor.


Hoje so sinto lágrimas beijarem-me o rosto.Sinto o


peito dorido.


Ficou a saudade que me aperta o coração.


Levo o teu sorriso no meu. Levo a tua voz no meu


ouvido.


Partiste... Mas ficaste. Aqui dentro, neste meu


peito dorido.


Um beijo e até sempre.


Mito


(Dedicado a minha Tia que perdi um destes dias...)

publicado por Ejamour de Carvalhais às 11:19
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De Anónimo a 24 de Fevereiro de 2006 às 17:01
Eu tenho uma filosofia sobre a vida que as pessoas que nos amamos mas já morreram, estão mais connosco do que estavam antes porque estão sempre. Sei que é dificil mas é uma boa maneira de não custar tanto. ritisa
(http://www.ritisa.blogspot.com)
(mailto:rita.fig@mail.telepac.pt)


De Anónimo a 15 de Fevereiro de 2006 às 16:37
Obrigada pelo carinho...
Obrigada por estar sempre em meu cantinho... Adoro o seu... Com amor...Afrodite®
(http://www.tokdeseducao.blogger.com.br/index.html)
(mailto:tokdeseducao@hotmail.com)


De Anónimo a 15 de Fevereiro de 2006 às 15:06
Olá.../
Perdi minha avó um dia destes tb...
Meus Sentimentos...
***
Tenho novidades no meu Tok de Sedução, dê uma passada lá... Será um prazer...
Com Amor...Afrodite®
(http://www.tokdeseducao.blogger.com.br/index.html)
(mailto:tokdeseducao@ig.com.br)


De Anónimo a 14 de Fevereiro de 2006 às 19:42

Oix!

Amor é um não sei quê, que surge não sei onde, e acaba não sei como...

FELIZ DIA DOS NAMORADOS!

Wicked Kisses***
Buffy Summers
(http://www.wickedgames.blogs.sapo.pt)
(mailto:Buffy_VampireSlayer6@msn.com)


De Anónimo a 11 de Fevereiro de 2006 às 20:56
Deixa-me usar tuas palavras e as dedicar á minha mãe que partiu há vinte anos e deixou o mesmo sentimento em mim, que ainda perdura....um beijo de carinho e amizade pela partilha ...Lagoa_Azul
(http://www.lagoaazul.blogspot.com/)
(mailto:bomdialagoaazul@gmail.com)


De Anónimo a 10 de Fevereiro de 2006 às 10:43
Hoje deixo só um abraço!ferrus
(http://ferrus.blogs.sapo.pt)
(mailto:ferrus1@gmail.com)


De Anónimo a 10 de Fevereiro de 2006 às 09:49
Lindo como te entendo, é uma dor inesplicável... E eu, infelismente, passei por isso, ainda passo...
Mas também sei, e tu também, que eles (k já partiram para um mundo mágico) estão sempre lado a lado com nós! Quando tu caminhas, quando choras, quando ris eles lá estão sempre a apoioar-nos... Força amigo, mas do outro lado espera-nos um mundo diferente, mais calmo, mais bonito e lá sere-mos todos felizes.
BeijosBia
</a>
(mailto:biaola@hotmail.com)


De Anónimo a 10 de Fevereiro de 2006 às 00:05
Uma magnifica homenagem!!! Gostei muito... beijinhosAran_aran
(http://capricornioemim.blogs.sapo.pt/)
(mailto:aran_aran@sapo.pt)


De Anónimo a 9 de Fevereiro de 2006 às 12:28
De todas as vezes que pensares nela e sorrires, ela estará aí, junto a ti, sorrindo contigo...Encantamentos milMagia
(http://www.blog.comunidades.net/amagiadaspalavras/)
(mailto:cow_girl_red@hotmail.com)


De Anónimo a 9 de Fevereiro de 2006 às 02:24
as pessoas nunca se vão completamente elas permacem dentro de nós, em nossas lembranças e ensinamentos. sinto muito por tua perda, mas ela estará sempre a teu lado e dentro dos eu coraçãoCammys
(http://www.blogmais.com/girlinterrupted/)
(mailto:bellatrixlestrange@hellokitty.com)


Comentar post

.Autor:Ejamour de Carvalhais

Não sou poeta, nunca fui, nunca desejei sê-lo. Sou apenas amante das palavras... Nesta folha negra deposito o que a minha alma me diz ao ouvido. Voz singela, de veludo, encanto que sinto a devorar-me o corpo. Rendo-me a simplicidade sentida da minha Alma, Fé, Essência que me guia na luz do amor. (Obrigado pelas visitas e comentários...)

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.A voz da alma

. Abraço não sentido

. Diferente

. O teu nome

. Eu a ti, pertenço

. Até amanhã

. ... E no natal.

. Eterno

. Um poema só teu.

. Sedução

. Um tempo