Segunda-feira, 18 de Julho de 2005

Mulher

despida012.jpg


(Imagem retirada da net)


Não te posso dar o Céu e a terra, não me pertencem... Não te posso levar ao paraíso não sei o caminho, nunca o soube.


Posso dar-te o meu lugar (coração)... Ainda que eu esteja derrotado, magoado com a vida.


Posso fazer da minha sombra a tua sombra...


Posso fazer de mim, tu... Não posso nem devo ser o que nunca desejei ser. Serei eu apenas eu. Aceitar-mos como somos é uma virtude que nunca devemos perder.


Não posso ser perfeito, serei imperfeito assim como os dias são dias, as noites são noites. Todas as provas de amor serão insuficientes para dizer que o meu amor existe, porque quando realmente se ama alguém ama-se, assim é o amor.


Posso ser o chão quando caires. O conforto, a doce ternura. Um abraço sentido. E quando eu não me encontrar tu serás o meu abrigo certo. Uma verdadeira mulher o sabe... Senti-o.


Não posso ignorar os teus ideiais, devo aceitar as tuas decisões, emoções, a realidade que te abraça a vida, os momentos que fazem de ti única na simplicidade do teu querer. És mulher, ser frágil como cristal. 


Posso proteger-te com as minhas asas de amor.  Não te posso iludir, iria ferir nossos sentimentos. Não te posso dar as estrelas, mas posso enfeitar o teu olhar com felicidade. Ninguém é de ninguém, tu serás tu eu serei eu e ambos teremos a chave do nosso amor.


Quando te isolares eu serei o conforto. Nos dias cinzentos um quadro de amor completará os nossos momentos. Uma mulher não é verdadeiramente mulher quando não souber valorizar o verdadeiro amor de um homem. Um homem não é verdadeiramente homem quando não souber respeitar uma mulher.


Valorizá-la em toda a sua essência.


publicado por Ejamour de Carvalhais às 15:11
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 19 de Julho de 2005 às 13:35
Bonito texto. Gostei!!!luana
</a>
(mailto:benvindacastro@mail.telepac.pt)


De Anónimo a 19 de Julho de 2005 às 09:59
Bonito texto...dar às vezes é melhor que receber, dar não traz desilusão, e eu sempre darei o que de melhor terei em mim...
Beijo para tipi
</a>
(mailto:piedadesol@netmadeira.com)


De Anónimo a 19 de Julho de 2005 às 02:39
Vim para agradecer por teres participado no aniversário do "ABOUT LAST NIGHT", e por teres ajudado a soprar as velas.No entanto a festa ainda não acabou... porque faz precisamente 365 dias que a Ðä®k_Åñgë£ (http://www.blogger.com/profile/8143689) iniciou por lá a sua participação.Art Of Love
(http://bizaazul.blogspot.com)
(mailto:bizaazul@iol.pt)


De Anónimo a 18 de Julho de 2005 às 23:29
Quando se dá o coração... ele é o céu, a terra, o mar, o paraíso, as estrelas, a sombra, o conforto e tudo mais... se o souberes amar em toda a sua essência, mesmo imperfeito e remendado... Gostei, beijinhosAran_aran
(http://capricornioemim.blogs.sapo/)
(mailto:aran_aran@sapo.pt)


Comentar post

.Autor:Ejamour de Carvalhais

Não sou poeta, nunca fui, nunca desejei sê-lo. Sou apenas amante das palavras... Nesta folha negra deposito o que a minha alma me diz ao ouvido. Voz singela, de veludo, encanto que sinto a devorar-me o corpo. Rendo-me a simplicidade sentida da minha Alma, Fé, Essência que me guia na luz do amor. (Obrigado pelas visitas e comentários...)

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.A voz da alma

. Abraço não sentido

. Diferente

. O teu nome

. Eu a ti, pertenço

. Até amanhã

. ... E no natal.

. Eterno

. Um poema só teu.

. Sedução

. Um tempo