Sexta-feira, 24 de Junho de 2005

Uma espera infinita.

Cantei o amor


sem dor, sem pranto.


Cantei a magia das palavras. Os sonhos dos anjos


passeando na minha alma.


Cantei as sombras dos poemas que se perdem no


labirinto da vida. Sem voz ainda gritei por ti. Por


ti que nunca te vi. Esse vazio com o teu nome.


publicado por Ejamour de Carvalhais às 12:18
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De Anónimo a 28 de Junho de 2005 às 14:12
Descobri um anjo que julgava não existir... "If God will send his Angels..."SHINE
(http://.)
(mailto:mssinet@hotmail.com)


De Anónimo a 28 de Junho de 2005 às 12:52
Há uma brisa de amor no ar... de uma paixão mal explicada mas ao mesmo tempo tranparente como a água corrente de um rio!
De quem falarás??? Eu sinto...Linda
</a>
(mailto:biaola@hotmail.com)


De Anónimo a 26 de Junho de 2005 às 22:59
Antes de mais, obrigado pela visita! Quanto ao teu blog... xiii... tem muita reflexão para mim... a única poesia que sairia da minha cabeça, seria qualquer coisa assim: ......... Apenas com palavras cozinho meus poemas/ Que se lixem a margarina ou o alho/ Sou um cozinheiro bastante prático/ Não preciso cá de pontos virgulas ou o c@r@lho! ....... Mas como nao tenho muito jeito.. lol Um abraçoLouco
(http://soumaluco.blogs.sapo.pt)
(mailto:soumaluco@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Junho de 2005 às 15:32
Obrigada pela visita ao meu cantinho. Gostei destas tuas palvras, mas só hoje comentei e em especial este... beijinhosAran_aran
(http://capricornioemim.blogs.sapo.pt)
(mailto:aran_aran@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Junho de 2005 às 22:51
Obrigado pela visita e comentário no meu blog, adorei,nota-se que também é uma pessoa sofrida e tal como eu não tem medo de amar e dar de si, afinal todos nós só queremos ser felizes.
Espero que o futuro lhe reserve tudo que pensou no passado e que gostaria de concretizar no presente. Fique bem. Beijinhos.Mila
(http://mendes39@hotmail.com)
(mailto:mendes39@hotmail.com)


De Anónimo a 24 de Junho de 2005 às 22:05
Lindas palavras.... "...nunca te vi" mas sabemos que existe, por aí, tb perdida como nós... na busca do amor e da felicidade. Obrigado pela tua visita ao meu blog e pelo teu comentário! uma grande beijoka!MUAKritita ladybug
(http://ladysbugwhispers.blogs.sapo.pt)
(mailto:rita_m@netcabo.pt)


De Anónimo a 24 de Junho de 2005 às 21:40
"Cantei a magia das palavras", é isso que fazes em cada texto que aqui escreves. Bjscuriosa paixao
(http://curiosapaixao.blogs.sapo.pt/)
(mailto:curiosa-paixao@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Junho de 2005 às 18:25
Lindo amigo nc mais recebi nda teu.....as saudades sao mtas...o tempo é pouco...mas a lembrança essa nunca se apaga.....beijoes desta que nunca te esqueçe. fica bem. extinta
</a>
(mailto:andyfigueira@hotmail.com)


Comentar post

.Autor:Ejamour de Carvalhais

Não sou poeta, nunca fui, nunca desejei sê-lo. Sou apenas amante das palavras... Nesta folha negra deposito o que a minha alma me diz ao ouvido. Voz singela, de veludo, encanto que sinto a devorar-me o corpo. Rendo-me a simplicidade sentida da minha Alma, Fé, Essência que me guia na luz do amor. (Obrigado pelas visitas e comentários...)

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.A voz da alma

. Abraço não sentido

. Diferente

. O teu nome

. Eu a ti, pertenço

. Até amanhã

. ... E no natal.

. Eterno

. Um poema só teu.

. Sedução

. Um tempo