Terça-feira, 7 de Junho de 2005

Sussurro.

As palavras que deixei a beira - mar, poemas e versos de amor incompletos ao sabor da saudade. Somente fiz de mim refém de um tempo que foi meu. Fui do tempo em que o amor era o alimento completo da alma. Resignei-me ao vazio das palavras que morrem no esquecimento de uma voz que não é mais do que um sussurro urgente de salvação.


Preciso de um tempo, sem medida, longo e infinito.


Preciso de mim a qualquer hora, minuto, segundo...


Profundo sentir de mim.


Preciso das palavras, refúgio vivo, presente a cada tempo que passa e me abraça.


Preciso que me amem, com toda a essência do amor, puro, vivo, transparente, único.


Não preciso da dor para me sentir vivo. Porque vivo e sobrevivo na rendição dos meus sentimentos.


publicado por Ejamour de Carvalhais às 12:22
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 8 de Junho de 2005 às 12:17
Olá!!:)
Desde já obrigada pelas tuas palavras e as por teres soprado no meu blog. Já tinha visto o filme q me aconselhast e tb faz parte do meu role de filme preferidos, parece q já temos algo em comum. :)
Pareces uma pessoa sensivel, o que no mundo de hoje é cada vez mais de louvar, perdi-me por mementos em algumas de tuas palavras em muitos de teus textos, tenho a certeza que foram tão sentidos ao escrever como foram sentidos ao serem lidos por mim.
Só resta desejar boa sorte e continuar a visitar.Pedra da Lua
(http://pedradalua.blogs.sapo.pt/)
(mailto:isag1234@sapo.pt)


De Anónimo a 8 de Junho de 2005 às 11:48
Um escrita deveras sensível...sublime!! Beijo grandesylpha
(http://almanua.blogs.sapo.pt)
(mailto:sylpha@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Junho de 2005 às 18:09
Texto escrito de forma admirável e reveladora de uma imensa sensibilidade. Um beijo para ti :-)Dora
(http://www.atrasdaporta.blogs.sapo.pt)
(mailto:A_Dora@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Junho de 2005 às 17:25
Ninguem merece o sofrimento..ninguem merece estar so..toda a gente merece ser feliz e encontrar o seu grande amor..nao precisas de sofrer..mas sim tens que esqueçer..basta acreditar que tudo é possivel, nos teus sonhos, que consegues..bgd pela tua visita..volta sempre..*********White_Angel
(http://www.angelwhite4.blogs.sapo.pt)
(mailto:lipinha_pnf@hotmail.com)


Comentar post

.Autor:Ejamour de Carvalhais

Não sou poeta, nunca fui, nunca desejei sê-lo. Sou apenas amante das palavras... Nesta folha negra deposito o que a minha alma me diz ao ouvido. Voz singela, de veludo, encanto que sinto a devorar-me o corpo. Rendo-me a simplicidade sentida da minha Alma, Fé, Essência que me guia na luz do amor. (Obrigado pelas visitas e comentários...)

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.A voz da alma

. Abraço não sentido

. Diferente

. O teu nome

. Eu a ti, pertenço

. Até amanhã

. ... E no natal.

. Eterno

. Um poema só teu.

. Sedução

. Um tempo