Quinta-feira, 2 de Junho de 2005

Talvez um dia me lembre de ti.

Dos passos marcados a beira-mar...


Do voou de uma gaivota soltando as penas na brisa


do mar.


Do encanto das conchas cobertas de cor...


Do teu corpo repleto de calor, sem dor...


Do que de mim dei a ti... Na ânsia de quer mais.


E não pedir. Apenas sorrir.


Talvez um dia me lembre de ti...


Quando me lembrar de mim. 


publicado por Ejamour de Carvalhais às 14:10
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Anónimo a 7 de Junho de 2005 às 10:33
esta 'coisa' de ter de "copiar o texto ao lado" atrofiou-me de tal ordem que me enganei no nome :\
o comentário anterior é meu...Lost in Space
(http://www.rainhadovazio.blogspot.com)
(mailto:helenaetrusca@msn.com)


De Anónimo a 7 de Junho de 2005 às 10:31
gostei mto do final. apesar de cada vez mais acreditar que nós somos algo mais que outros a quem nos damos/demos. também somos eles, é certo, mas somos algo mais. talvez o erro seja querer encontrarmo-nos com outros, outros que nos salvem, outros que nos amem. só porque não conseguimos ter paz na solidão...XoINKl
(http://www.rainhadovazio.blogspot.com)
(mailto:helenaetrusca@msn.com)


De Anónimo a 7 de Junho de 2005 às 10:18
Isso por aí está mauzinho ... Andas "esquecido" de ti !? Vamos a DAR A VOLTA POR CIMA e voltares a te ENCONTRAR, ok ?Bjsdocerebelde
(http://docerebelde.blogs.sapo.pt)
(mailto:docerebelde@hotmail.pt)


De Anónimo a 7 de Junho de 2005 às 00:40
talvez tenhas de te lembrar tambem de ti migo... que achas da ideia... bejocas da sandrasandra
</a>
(mailto:mimosamargarida@hotmail.com)


De Anónimo a 6 de Junho de 2005 às 22:56
Talvez um dia te lembres...Mil beijinhos meus!sussurros da lua
(http://blogfullmoon.blogs.sapo.pt/)
(mailto:sdrcarvalho@hotmail.com)


De Anónimo a 6 de Junho de 2005 às 21:19
Amar é não dar conta que de amor também necessitamos.
Obrigado e um abraço
Rogério
Poemas de amor e dor
(http://poemasdeamoredor.blogs.sapo.pt)
(mailto:romasi@clix.pt)


De Anónimo a 3 de Junho de 2005 às 23:42
Lembrarás, sem dúvida! Um beijo e um bom fim de semana para ti :-)Dora
(http://www.atrasdaporta.blogs.sapo.pt)
(mailto:a_dora@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Junho de 2005 às 06:07
Às vezes é mesmo assim... esquecemo-nos de quem somos ou de quem fomos porque nos entregámos de tal forma que o outro nos levou com ele... Gostei muito do teu cantinho. Beijo grande :)Carla
(http://papoilasdoces.blogs.sapo.pt)
(mailto:cferreirapedro@sapo.pt)


De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 16:37
Obrigado sylpha. As tuas não ficam atrás ;)Jamour
(http://Jamour.blogs.sapo.pt)
(mailto:Jamie_Jamour@sapo.pt)


De Anónimo a 2 de Junho de 2005 às 16:25
Palavras tão doces as tuas :)) Beijinhossylpha
(http://almanua.blogs.sapo.pt)
(mailto:sylpha@sapo.pt)


Comentar post

.Autor:Ejamour de Carvalhais

Não sou poeta, nunca fui, nunca desejei sê-lo. Sou apenas amante das palavras... Nesta folha negra deposito o que a minha alma me diz ao ouvido. Voz singela, de veludo, encanto que sinto a devorar-me o corpo. Rendo-me a simplicidade sentida da minha Alma, Fé, Essência que me guia na luz do amor. (Obrigado pelas visitas e comentários...)

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.A voz da alma

. Abraço não sentido

. Diferente

. O teu nome

. Eu a ti, pertenço

. Até amanhã

. ... E no natal.

. Eterno

. Um poema só teu.

. Sedução

. Um tempo