Sexta-feira, 20 de Maio de 2005

O voou do amor.

ImagemGtica241.jpg 


Despida, abriste os braços, mostraste a alma. O cheiro do teu corpo espalhou-se por aquele lugar escolhido mas não destinado.


Tentei voar levando o teu sorriso nas minhas asas. Tentei amar sem nunca te ter visto...


Olhei-te... E como uma feitiçeira fechaste os olhos mas viste os meus tristes olhos. Amargos, mas serenos e vivos. De mãos dadas passeamos nas ruas com nomes de amor, sorrimos envolvendo a noite nos nossos sorrisos.


O voou do amor partiu antes do teu olhar. Naquela noite distante, de vários sonhos, dos mais belos. Partiu sem uma frase.  


publicado por Ejamour de Carvalhais às 11:54
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 26 de Maio de 2005 às 18:46
Então n continuas a por mais testos giros no teu blog e que eu queria ver mais coisas
Beijos bom feriado
isa
(http://www.isablogs.blogs.sapo.pt/)
(mailto:isa_dart@sapo.pt)


De Anónimo a 26 de Maio de 2005 às 16:47
Que texto tão belo e inspirado! Beijos e continuação de bom feriado :-)Dora
(http://www.atrasdaporta.blogs.sapo.pt)
(mailto:A_Dora@sapo.pt)


De Anónimo a 24 de Maio de 2005 às 16:40
Muito obrigado pela tua visita ao meu blog. Não tenho muito tempo neste momento para ler os teus posts, mas do que li...gostei bastante.

Beijos e volta sempre :)) eu tb voltareiAzulinha
(http://www.princesavirtual.blogs.sapo.pt)
(mailto:plumacaprichosa@gmail.com)


De Anónimo a 24 de Maio de 2005 às 01:02
Surpreendes-me a cada visita! Adoro o que escreves! Mil beijinhos e tem uma optinma semana!sussurros da lua
(http://blogfullmoon.blogs.sapo.pt/)
(mailto:sdrcarvalho@hotmail.com)


De Anónimo a 20 de Maio de 2005 às 16:20
Quando um sentimento galopante nos atinge, perdemos todas as certezas que julgamos ter, sentimos que afinal nada controlamos, que o mundo das sensações sobrepõe-se a tudo o resto.
Ás vezes o nosso despertar é confuso de tão intenso que é, e é toda essa intensidade, inesperada, que assusta mas ao mesmo tempo nos faz acreditar na possibilidade REAL de viver algo muito belo, viver o amor!
As tuas palavras, são uma inspiração para a vida, ela brilha só de te “ouvir”.
Beijo.
SHINE
(http://.)
(mailto:mssinet@hotmail.com)


De Anónimo a 20 de Maio de 2005 às 14:20
Vim agradecer a visita ao meu blog, espero e gostava que continues a passar por lá sempre que puderes e deixares um pouco de ti! =)
É bom saber que eu, somente que não acredito mais no que é o amor, ainda consigo visualizar alguém que acredite nele... *goth*Goth
(http://darkplace.blogs.sapo.pt)
(mailto:Amy_Dark_Place@hotmail.com)


De Anónimo a 20 de Maio de 2005 às 12:08
Gostei muito dos textos que li aqui. Obrigada por teres comentado no meu blog, aparece lá sempre que quiseres!. Voltarei aqui em breve!!! Bjscuriosa paixao
(http://curiosapaixao.blogs.sapo.pt/)
(mailto:curiosa-paixao@sapo.pt)


Comentar post

.Autor:Ejamour de Carvalhais

Não sou poeta, nunca fui, nunca desejei sê-lo. Sou apenas amante das palavras... Nesta folha negra deposito o que a minha alma me diz ao ouvido. Voz singela, de veludo, encanto que sinto a devorar-me o corpo. Rendo-me a simplicidade sentida da minha Alma, Fé, Essência que me guia na luz do amor. (Obrigado pelas visitas e comentários...)

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.A voz da alma

. Abraço não sentido

. Diferente

. O teu nome

. Eu a ti, pertenço

. Até amanhã

. ... E no natal.

. Eterno

. Um poema só teu.

. Sedução

. Um tempo