Sexta-feira, 17 de Março de 2006

Um manto branco


Das vestes simplórias
que escondem o teu corpo
esse desejo de deusa que me faz
sonhar. Dos sonhos vivo. Da morte
espero.
Beija-me e serei feliz. No teu manto branco.

publicado por Ejamour de Carvalhais às 15:47
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De †† Gazuza †† a 18 de Março de 2006 às 16:32
Revela lindamente o teu sentimento, sofrimento, desejo, amor.. de uma forma simplesmente sublime. adorei. parabéns. obrigado pela visita:) abraço []


De lua branca a 18 de Março de 2006 às 20:26
Sentindo a Aurora do Amor, olho para o horizonte,
porque o céu é aí, mais belo e se esta dourando
a pouco e aos pouco, e fixo nele o olhar, sempre nele,
sem saber o que nascerá de toda aquela festa de Luz!

Meu coração, quer bater, junto doutro coração,
minhas mãos procuram outras para entrelaçar-se.
No ar,o perfume das flores, que vibra ao canto
das aves enamoradas. E,eu solto ao vento,o meu canto de Amor!


De lagoa_azul a 18 de Março de 2006 às 21:37
....beijo-te com muito carinho, e juntos esperamos o fim....
..despe-me com o olhar, e beija-me com um sorisso...

Bom fim de semana, beijo-te....


De a 19 de Março de 2006 às 23:37
Parabéns pela sensibilidade e maestria com as palavras! Linkei você no meu blog, parabéns, K


De Neith a 20 de Março de 2006 às 09:13
E num fundo preto derramas singelas e tão belas palavras que deixam transparecer um sentir profundo...gostei particularmente deste teu post :) Beijinhos e votos de uma boa semana


De Afrodite® a 20 de Março de 2006 às 17:59
Olá lindinho...

Lindo como todos os outros...
Muito romantismo, amor, sedução... Em cada palavra descrita...

Boa semana e não deixe de me visitar...

É uma honra ter vc no meu Tok de Sedução...

Bjokas carinhosas.


De Magia a 20 de Março de 2006 às 19:49

Num beijo selo a promessa de que serei a a tua deusa, debaixo do manto escuro do céu estrelado do inicio desta Primavera...
As borboletas serão os teus dedos e as flores as minhas maõs..

Beijos primaveris


http://www.blog.comunidades.net/amagiadaspalavras/index.php


De Mily a 20 de Março de 2006 às 22:51
Dizes tanto em tão poucos versos! Teus poemas continuam a nos encantar! Beijos carinhosos no teu coração.


De Angel of Obscurity a 20 de Março de 2006 às 23:58
Oi Jamour, é so pa dizer que mudei de blog.. o recente é http://obscurity.blogs.sapo.pt
Um abraço forte=)

† † Gazuza † †


Comentar post

.Autor:Ejamour de Carvalhais

Não sou poeta, nunca fui, nunca desejei sê-lo. Sou apenas amante das palavras... Nesta folha negra deposito o que a minha alma me diz ao ouvido. Voz singela, de veludo, encanto que sinto a devorar-me o corpo. Rendo-me a simplicidade sentida da minha Alma, Fé, Essência que me guia na luz do amor. (Obrigado pelas visitas e comentários...)

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.A voz da alma

. Abraço não sentido

. Diferente

. O teu nome

. Eu a ti, pertenço

. Até amanhã

. ... E no natal.

. Eterno

. Um poema só teu.

. Sedução

. Um tempo