Domingo, 26 de Outubro de 2008

Se esta chuva fosse o teu beijo...

 

 

 

 

A chuva cai insistemente no meu rosto

se ela fosse o teu beijo eu morreria

de prazer. Meus labios secos, agora molhados,

sonhando com os teus labios, doceis como

mel.

Se esta chuva fosse o teu beijo, eu seria deus

e tu serias deusa, juntos fariamos um mundo de amor,

aonde nao existeria dor.

Meu corpo sente o calor do teu corpo, quente,

pele macia, desejo misturados de prazer

num beijo eterno.

Se esta chuva fosse o teu beijo,

amanha as minhas asas de anjo

tocariam o Ceu aonde a tua alma

descansa junto a retratos de amor.

Se esta chuva fosse o teu beijo

eu nao me cobriria...

Deixaria o meu corpo, nu...

esperando pelo

o teu beijo...


publicado por Ejamour de Carvalhais às 13:54
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Ivan a 15 de Novembro de 2008 às 20:47
Ô,Jamour...
Te achei de novo, e, gostei, denovo, de vir aqui.
O seu e um de meus blogs têm similaridade.


De Fallen Angel a 8 de Dezembro de 2008 às 19:03
Olá!
Tudo bem?
Aqui estou eu para anunciar mais uma criatividade minha, a poesia. Passa em http://poesiademarisocas.blogspot.com/ e deixa um comentário.
Beijinhos grandes e Feliz Natal.


De Fallen Angel a 21 de Dezembro de 2008 às 13:04
Um Santo e Feliz Natal cheio de coisas boas. Boas entradas em 2009.


Comentar post

.Autor:Ejamour de Carvalhais

Não sou poeta, nunca fui, nunca desejei sê-lo. Sou apenas amante das palavras... Nesta folha negra deposito o que a minha alma me diz ao ouvido. Voz singela, de veludo, encanto que sinto a devorar-me o corpo. Rendo-me a simplicidade sentida da minha Alma, Fé, Essência que me guia na luz do amor. (Obrigado pelas visitas e comentários...)

.pesquisar

 

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.A voz da alma

. Abraço não sentido

. Diferente

. O teu nome

. Eu a ti, pertenço

. Até amanhã

. ... E no natal.

. Eterno

. Um poema só teu.

. Sedução

. Um tempo